segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

25 anos!






Fez no final de Novembro 25 anos que rumei pela primeira vez à Alemanha! Na bagagem levava sonhos, muita curiosidade, esperança de uma vida melhor (depois de uma infância difícil), saudades dos pais (que já lá estavam há umas semanas) e um misto de sentimentos. Tudo era novo. Não conhecia nada nem ninguém (só família). Não conhecia a língua.Tinha pela frente a maior aventura da minha vida! Afinal o mais longe que já tinha ído tinha sido até Vigo/Espanha naquelas excursões que se faziam de camioneta e com os meus pais. Aprendi a língua, que mesmo falando fluente, nem sempre me parece a minha (também não é fácil para uma tripeira de gema deixar o sotaque, carago!).
Foram precisos muitos anos para aprender a viver entre os dois países. Aprender a viver com as diferenças dos dois e tirar o melhor partido dessas diferenças. Na Alemanha vou ser sempre a portuguesa e em Portugal a alemã e isso é sem dúvida uma mais-valia! A vida é uma aventura!

Boa noite e uma óptima semana,
Sandra

1 comentário:

  1. Olá Sandra, quem vive entre 2 países, é mesmo como dizes, passa a ser sempre estrangeiro. O meus pais são do Brasil, e o meu pai é brasileiro cá e portuga quando vai para a terra dele! Eu acho graça, porque há adaptações ao país de adoção e coisas que trazemos da nossa cultura, a mistura dessas duas vertentes torna-se a nossa realidade! Que continues feliz no país que escolheste (ou que te escolheu) para viveres.Beijinho

    ResponderEliminar