quinta-feira, 25 de abril de 2013

Hóspede especial!

Na próxima semana a minha mãe vem cá para casa. Vai ficar cá uns dias até a casa dela estar livre.
 
Ora, fazendo uma retrospectiva eu vivi em casa da minha mãe (dos meus pais) até aos 21 anos, para depois ir morar sozinha (foi sempre o meu sonho).
Durante os 5 anos que vivi em Portugal (2 em Lisboa e 3 no Porto) passei vários fins de semana em casa dos meus pais.
Quando regressamos para cá em 2011 ficamos 2 meses a morar lá em casa até a nossa ficar livre.
 
Mas a minha mãe nunca ficou em minha casa!
Ela vem cá muitas vezes mas nunca ficou para dormir.
Bem, não fosse a minha mãe e até era estranho.

Agora o que mais me preocupa mesmo é a televisão.
Só temos uma e não temos os canais portugueses.
Para a situação não ser assim tão dramática e para a minha mãe não se sentir tão triste sem as novelas dela eu tenho evitado passar a ferro (tem estado bom tempo e qualquer desculpa para mim é uma boa desculpa). Já a minha mãe adora passar a ferro (e jura a pés juntos que eu não fui trocada na maternidade!) e assim sempre se vai entretendo, compreendem?
Claro que é só a pensar no conforto e bem estar dela.
Quem tem uma rica filha, quem tem??

Beijos,
Sandra
 
 
 

quarta-feira, 24 de abril de 2013

Cerejeira em flor

A cerejeira que temos no jardim está linda cheia de flores.
 
Mas quando olho para ela não consigo deixar de pensar na fábula da raposa e as uvas, conhecem?
 
A fábula:
Uma raposa que vinha pela estrada encontrou uma parreira com uvas madurinhas. Passou horas pulando tentando pegá-las, mas sem sucesso algum... Saiu murmurando, dizendo que não as queria mesmo, porque estavam verdes. Quando já estava indo, um pouco mais à frente, escutou um barulho como se alguma coisa tivesse caído no chão... voltou correndo pensando ser as uvas, mas quando chegou lá, para sua decepção, era apenas uma folha que havia caído da parreira. A raposa decepcionada virou as costas e foi-se embora de novo.
 
É que quando tiver com cerejas nem com escadote eu lá vou chegar!
 
 
Beijos,
Sandra

quinta-feira, 18 de abril de 2013

Ainda da comunhão.....

mais algumas fotos para a família que está longe........

 
Com o sobrinhão. Acreditam que há muitos anos lhe mudei as fraldas? Estou a ficar velhota!

Padrinho e afilhado com muito estilo:

Fiquei na dúvida se os meus cunhados ficaram assim por passarem o fim de semana cá em casa ou
porque estavam prestes a ir embora!!! (Tozé tira-me lá esta dúvida!?)

Madrinha e afilhado:
Beijos e um óptimo dia,
Sandra

terça-feira, 16 de abril de 2013

15/52



"A portrait of my children, once a week, every week, in 2013"
"uma foto dos meus filhos, uma vez por semana, todas as semanas de 2013"
 
Luisa e Tiago: Finalmente calor para usar t-shirt e jogarem à bola no parque.

sábado, 13 de abril de 2013

Recordar

Como já contei aqui a minha mãe vai mudar de casa.
Coube-me a mim arrumar um quarto que o meu pai lá tinha.
Era o orgulho dele. Nenhuma visita "escapava" de lá ir.
Era onde tinha o seu vinho do Porto (apesar de não o beber), onde se fechava horas a ouvir música, onde tinha a colecção de barcos a vela, peças do Futebol Clube do Porto, etc.
 
Comecei pelas canetas, bem, nunca vi tantas canetas. Ele coleccionava e sempre que os netos íam lá a casa tinham que ir buscar no mínimo uma.
No ínicio custou bastante e eu nem as via mas por fim já me ria com a minha mãe a descobrir tudo que ele lá tinha.
Trouxe várias coisas para casa.
Uma caixa cheia de canetas. Não sei o que fazer com elas mas não as podia deitar fora!
Trouxe o diploma do exército. O album de fotografias da tropa, que eu sempre adorei.
E achei estranho estar vazio! As fotos estavam todas numa saca.
Adorei a garrafinha da foto (deve ter um nome próprio mas não sei qual) e penso que alguém lha deve ter oferecido.
Hoje trouxe alguns barcos.
 


O que me deixou sem dormir umas noites foi o facto de eu não lhe poder perguntar a razão do album estar sem as fotos, nem quem lhe ofereceu a garrafinha.
 
É uma sensação tão estranha!
Mas a vida é assim mesma e agora ficam as recordações.
 
Desejo-vos um óptimo Sábado.
Beijos

P.S. Qualquer dia limpo o album e coloco as fotos.

sexta-feira, 12 de abril de 2013

Tapete em trapilho

Tenho vários tapetes em trapilho mas ainda não tinha feito um tão grande.
Tinha este trapilho cinza guardado na cave por não gostar muito dele.
Tem muitos cortes e eu tenho que fazer muitos arremates
mas ontem decidi experimentar fazer o tapete e gosto muito do resultado.
Não descansei enquanto não o acabei!
Tem 95cms de diâmetro e cabe perfeitamente na máquina de lavar o que é óptimo.
Fica bem na casa de banho ou entrada p.ex.

Beijinhos e um óptimo fim de semana,
Sandra

quarta-feira, 10 de abril de 2013

Mal habituada!

Andei eu a personalizar (com trapilho) um cabide (IKEA) para o quarto da Luisa.
Furei a parede com a máquina e tudo e o que é que ela faz quando chega da escola??
 
Certo, atira põe o casaco no chão!!!!
 
Ignorem por favor as botas e o gorro, obrigada!
 
Beijos,
Sandra

terça-feira, 9 de abril de 2013

Comunhão da Luisa (Parte I)

Após 3 meses de preparação (alguém me sabe dizer porque razão em Portugal são 3 anos?!) a Luisa fez a primeira comunhão no Domingo passado.
Ela estava linda (eu sei que sou a mãe e sou suspeita por falar mas estava mesmo ;o).
 
O vestido veio de Portugal o que fez com que fosse a única com vestido curto.
Na cabeça estava para usar uma coroa de flores mas quem a ía fazer cancelou uns dias antes e eu tive que improvisar.
Fiz 3 flores em crochet, pus no meio de cada uma pérola e coloquei num travessão que já não usávamos.
O projecto foi aprovado por todos e todos disseram que não podia ter ficado melhor.
A vela foi a do baptismo.
 
Festejamos em casa com a família e foi muito divertido.
A nossa princesa brilhou o dia todo.
 
Aqui algumas fotos:





 
 Preparem-se que esta semana vai haver mais fotos sobre a comunhão!

Beijos,
Sandra

segunda-feira, 8 de abril de 2013

13/52 + 14/52


"A portrait of my children, once a week, every week, in 2013"
"uma foto dos meus filhos, uma vez por semana, todas as semanas de 2013"
 
Semana 13: Passeio na floresta
Semana 14: Comunhão da Luisa
 
Tenho andado ausente.
Páscoa, preparação da comunhão da Luisa, doente, pouco sol, muito frio, enfim uma data de coisas ou de desculpas. Pouca inspiração ou vontade, talvez tudo junto, não sei! Mas o que importa é que isto vai mudar. Logo volto para contar da comunhão.........
 
Beijos