sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Eu e os meus pensamentos!

Isto de ser dona de casa a tempo inteiro tem que se lhe diga.
Quando eu tinha prazos para cumprir, problemas para resolver com materiais, clientes e afins os meus neurónios estavam mais ocupados, certo? Agora - penso e penso (demais).
 
Hoje enquanto andava a arrumar a casa (sendo eu uma dona de casa experiente consigo fazê-lo de olhos fechados, quase) dei comigo a pensar na minha relação com o crochet e as lãs!
 
Ontem fui à loja das lãs comprar 2 novelos e custa-me imenso não comprar mais
(por isso até trouxe 3).
Era capaz de estar lá horas a ver as cores, as expessuras e a imaginar o que podia fazer.
É quase como quando estou rodeada de livros, não consigo explicar.
Imaginei em como a senhora que lá trabalha deve ser feliz por estar sempre lá, enfim, devo de estar a ficar maluca.
Assim que cheguei a casa fiz logo o projecto com os 2 novelos (depois mostro) que comprei e apeteceu-me ir lá comprar mais para acompanhar o terceiro e não só.
Perguntei-me quando é que me tornei assim, tão viciada!?! Eu sempre gostei de fazer mas agora....
Há umas semanas atrás a minha cunhada (irmã do maridão) disse-me o seguinte:
"eu gosto de fazer mas não sou tão fanática como tu" Na altura eu não dei importância ao assunto, até porque a língua materna dela é o alemão e tal...... mas agora, fanática, eu?!?!?
Tenho que aproveitar ela vir cá passar este fim de semana para exclarecer o assunto!!
 
Outra coisa que tenho que esclarecer, mas com o meu cunhado, tendo eu geleia de marmelo, de pêssego, de morango, a minha marmelada maravilhosa (tudo feito por mim), etc, qual é a pergunta que ele me faz ontem via skype?? "Também fizeste geleia de abobora??" ah? sinceramente!
 
Sinto-me um bocado nervosa hoje. E quando estou nervosa falo muito, ou escrevo (notam?) :o).
Não sei porque estou assim, talvez por a minha mãe me ter dito ontem que os diabetes do meu pai estão altissímos e se não regularem terá que ir fazer uma visita ao hóspital!
Ou se é por o maridão hoje de manhã ter partido as minhas taças chinesas preferidas - TODAS. Por sorte não lhe caíram em cima da cabeça, por outro lado se tivessem caído não teriam partido........ (ainda bem que ele não lê o meu blog, acho eu).
Também dormi mal.
 
Bem, mas vem aí o fim de semana e este promete.
Vou ter casa cheia (família do maridão que é sempre chata ;o).
 
Por norma estes fins de semana são passados à mesa a meter a conversa em dia.
Comer e conversar (que chatice).
 Ainda vamos ter uns aniversários para festejar (depois conto).
 
Agora vou com o filhote ao treino de futebol e aproveito o tempo que estou à espera AO FRIO para pensar que lã vou comprar na próxima semana (ideias não faltam).
 
Beijos e um óptimo fim de semana,
Sandra
 
 

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Mais chinelos em trapilho!

Tenho feito vários trabalhos em crochet mas não tenho mostrado nenhum,
isso é algo que tenho que alterar :o).
 
Hoje deixo aqui alguns chinelos que tenho feito em trapilho.
Tive algumas encomendas de clientes que já me haviam comprado chinelos e aproveitei para fazer mais alguns.
Até agora vou fazendo conforme me vão encomendando, ou seja, à escolha do cliente.
Tenho vendido a pessoas que conheço e sabem que faço mas estou sériamente a ponderar abrir uma loja online. É que cada vez mais ouço que o deva fazer. E o caso de me terem encomendado outra vez só mostra como estão contentes.
 
O que acham da ideia?
Aceito sugestões de nomes :o)
 
 

 
Beijos,
Sandra
 

terça-feira, 23 de outubro de 2012

Com a chegada do carteiro veio a surpresa.....

um envelope vindo de Portugal da querida Nani do blog yourenotanartist.blogspot.de.
 
Obrigada Nani!
Adorei a revista com o meu nome e o postal :o)



Beijos e um óptimo dia,
Sandra

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Eu e a marmelada!

Não posso dizer que fôssemos inimigas mas também nunca fomos grandes amigas.
Até semana passada!
É verdade, acho que posso dizer até que agora somos amigas do peito ;o).
 
 Queria fazer geleia (que adoro) mas depois de pesquisar um pouco na net decidi aventurar-me a fazer marmelada e APAIXONEI-ME.
 
A receita que experimentei (uma mistura de várias que encontrei) foi a seguinte:
2 kgs marmelos
1 kg de açúcar
água 
 
Lavei os marmelos, parti aos bocados com casca e só tirei o caroço (que aproveitei para fazer geleia).
Pus na panela de pressão, juntei o açúcar e uma caneca de água. Assim que a panela começou a fazer barulho contei ca. de 10 minutos. Passei pela varinha mágica et voilá:
 
 
Neste momento quase podia comer marmelada ao pequeno almoço, ao almoço, ao lanche, ao jantar............ :o) (não se assustem eu controlo-me).
 
Beijinhos doces,
Sandra

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

O Rafael - que teve muita pressa para nascer! O meu afilhado :o)

Acordei ontem cedo e com uma valente dor de cabeça, aliás como a semana toda. Deixei-me ficar na cama e decidi esperar pelo resto da família para tomar o pequeno almoço e um ben-u-ron. Mal eu imaginava que só ía tomar o pequeno almoço já bem depois da hora do almoço.
 
Tocam à campainha, salto da cama e abro a porta, do outro lado estava o meu primo muito aflito.
"Chama uma ambulância, a L. (a esposa grávida de 9 meses) está muito aflita aos berros"
É claro que com um "arranque"assim não nos ocorreu o número de telefone, o simples 112, que toda a gente conhece. Enquanto o maridão procurava o número eu vesti-me e tocam outra vez à campainha (nem 5 min. depois)
"Já está lá a ambulância, ela não para de gritar e deitou sangue"
Como?!?!? Ainda não chamámos a ambulância!! Não interessa.
Calcei as botas, peguei num casaco, que por sorte até era meu. Também podia ter apanhado um da Luisa ou até do Tiago, mas era meu. Pedi à Luisa que me chegásse um gorro porque nem tive tempo de me pentear e lá fui toda despenteada e não só!!
Cheguei lá, dei as informações aos enfermeiros, traduzi o que foi necessário e a partir daí a L. só gritava por mim. Eu acho que NUNCA ninguém gritou tanto o meu nome.
 
Parir um filho já é dificil mas parir num país onde (ainda) não se compreende a língua ainda é mais.
 
Mais tarde disse-lhe que às vezes me apeteceu gritar-lhe que eu não tinha culpa eheheh.

Assim que chegou o médico do INEM prepararam-na para ser transportada para o hóspital (partiram a cama ao pegarem nela!).
Infelizmente fecharam a seccção de partos do hóspital aqui da cidade e o mais perto fica a ca. de 15 minutos o que parece uma eternidade quando se está com tantas dores.
Mas o bébe aguentou-se, não nasceu em casa nem na ambulância e eu estava mesmo a vêr que ía nascer no elevador!!
Mas não :o), esperou chegar à sala de partos.

Valeu-me a experiência de ter tido 2 filhos e ajudei-a a acalmár-se e a respirar nos momentos em que estava a perder o controlo. Por momentos achei que me ía partir o braço e já estava a pensar na indemnização que ía receber por ir com ela para tribunal (como nos states).
Mas não partiu e eu vi nascer o Rafael - cortei o cordão umbilical!!
Lindo!

Quando o papá chegou o Rafael já estava ao meu colo.
Reparei que eu estava com a camisola vestida do avesso.
Depois desta aventura ele disse que eu devia ser a madrinha! -
Com muito gosto :o)
Não é todos os dias que vejo nascer uma criança.

Voltaram as dores de cabeça (tinham melhorado), fui para casa tomar o pequeno almoço e o ben-u-ron eram umas 13:30 horas.
Depois senti-me tão cansada que se não fossem os meus filhotes teria dormido toda a tarde.

O parto demorou ao todo UMA hora e MEIA!! Uffa.

Que domingo emocionante!

Beijos e uma óptima semana,
Sandra

sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Por cá........

a semana foi atribulada!
 
O Tiago teve torneio de futebol e, meus/minhas queridos/as leitores/as, façam o favor de memorizar o seu nome.
Não é por ser meu filho (que mudesta) porque eu não tenho jeito para tal mas o rapaz herdou o talento do pai e tenho para mim que em breve vou ser conhecida pela "mãe do Tiago"!
Quem sabe a próxima Dolores ;o)

Nessa altura a Luisa, sendo irmã do Tiago, não irá precisar mais de ajudar a vender o bolo e os muffins nos torneios. Mas até lá o caminho ainda é longe e ela adora fazê-lo.
Tirou cafés, fez as contas e deu o troco e ainda ficou toda vaidosa por receber 2€ de um avô espantado com o trabalho dela!!
 
Fomos conhecer a Lenia. A bebé que decidiu nascer quando íamos à Suiça e nos trocou os planos.
A acompanhar um coelhinho Maileg (já contei que adoro estes coelhos??)
oferecemos uma babete bordada por mim com o seu nome. 
 
Fomos à abertura do novo restaurante mexicano da cidade.
O dono é amigo nosso e não pudemos deixar de ir lá desejar-lhe boa sorte.
Música ao vivo:

 o meu irmão mais velho e a minha cunhada:
 

Aproveitando o feridado de quarta feira fomos dar um passeio pela floresta.
Eu queria apanhar pinhas, castanhas ou algo para a decoração de Outono mas, entendida como sou na matéria, só encontrámos folhas caídas......acho que fomos para o lado errado ou para a floresta errada, não sei!
Valeu o bom tempo e o passeio!
 
 
 E para finalizar fomos à festa da maçã.
 
"Dá a todos os dias a chance de ser o mais bonito da tua vida"
 
Não sei de quem é a frase mas não resisti a fotografar (em cima em alemão)!
 
Tenham um óptimo fim de semana,
Sandra