domingo, 9 de setembro de 2012

Numa espécie de manicómio!

A semana que passou foi uma semana cheia de emoções para mim.
Terça-feira fui a uma entrevista de trabalho e não fiquei com o lugar por não estar a receber qualquer ajuda do estado. Andei à beira de um ataque de nervos ainda mais por ser a véspera do meu internamento nesta clínica para ser operada à perna.

 Estava com medo, claro, mas acabou por ser uma óptima experiência.
Tive a sorte de ter ficado no quarto com uma jovem (uns anos mais velha que eu) com quem me entendi às mil maravilhas. Passamos os 2 dias (tivemos alta sexta-feira) na conversa e risota o que ajudou a passar o tempo. Fez-me lembrar tempos antigos quando eu ía de férias a Portugal e passava noites na conversa com as minhas melhores amigas!
 
O atendimento na clínica foi 5 estrelas. É uma clínica pequena e só para problemas vasculares. Tem 8 quartos para os pacientes que ficam internados daí as enfermeiras terem muito mais disponabilidade para os pacientes. Acho que pela primeira vez eu fui visitada 2 vezes pela médica anastesista depois da operação para ver como eu estava! Tivemos I Pad, tratamentos que mais pareciam de wellness, etc.
 
Agora perguntam porque escrevi "numa espécie de manicómio"............bem:
 
Depois da operação tinhamos que andar por hora ca. de 10 a 15 minutos. Como andar no quarto de um lado para o outro era um pouco apertado decidimos ir para o corredor. Depois do nosso primeiro passeio eu cheguei ao quarto e desatei a rir. Contei-lhe que imaginava assim um manicómio (com todo o respeito), parecia cena de um filme, ela concordou comigo.
Nós as duas a andarmos devagar, um tubo a sair de algum lado e frasco preso ao roupão, uma perna ligada até cima. No corredor encontramos mais duas senhoras a andarem em sentido contrário na mesma situação. Parámos "ah que lindo roupão e os chinelos também" seguimos e fomos para uma sala que tem umas escadas em caracol no meio. Estava lá uma senhora com cara de desesperada debruçada e eu disse-lhe: "não salte, o pior já passou". Voltamos para trás e encontramos o único senhor que lá estava. Ele que estragou o melhor momento, para mim, após uma operação. Aquele momento em que ainda estamos a acordar da anastesia. Em que estamos ainda sem dores e super relaxados. Ele ressonava como um louco. Eu juro que se pudesse tinha ído dar-lhe uns estalos! Depois ainda ouço a enfermeira a perguntar-lhe se ele não tinha sido operado há pouco tempo a esse problema, ele a dizer-lhe que tinha sido em Julho e eu a imaginar o ponto de interrogação/admiração na cara dela!.
Isto contado é uma coisa - visto é outra!

Já estou a chatear com a conversa, né? A operação correu bem e eu estou feliz que já passou e que a fiz.

Amanha volta tudo ao ritmo normal. Começa a escola, a Luisa anda toda contente. Começa o infantário e o maridão regressa ao trabalho.
Eu depois volto para dar uma volta pelos vossos blogs e contar das férias.

Beijinhos e bom domingo,
Sandra
 
 

3 comentários:

  1. Oh Sandra. Que manicómio tão fixe! :) Ainda bem que tudo correu bem. Desejo que recuperes rapidamente. Beijinhos e bom regresso!

    ResponderEliminar
  2. Sandra, grande aventura! Essa fica para recordar, é daquelas coisas que não se esquece.

    Pena que não tenhas ficado com o emprego, mas quando tiver de ser, será. Não fiques triste!

    Boas melhoras para ti e um óptimo recomeço para os teus piquenos. Aproveitem o domingo de sol!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Fico contente por a operação ter corrido bem, rápidas melhoras. Bjinhos

    ResponderEliminar